Urban

Ebook gratuito reúne doze pesquisas apresentadas no Open Data Day Natal 2020

Civic tech Dados abertos Open data day

Já está disponível para leitura gratuita o eBook “Open Data Day: Dados Abertos Governamentais e Inovação Cívica”, organizado pelo Grupo Dados Abertos.RN, do qual fazem parte os embaixadores Tiago José e Frederico Pranto. A obra é resultado das pesquisas desenvolvidas a partir do evento Open Data Day (ODD), realizado na cidade de Natal/RN, entre os dias 6 e 7 de março de 2020, no Instituto Metrópole Digital, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (IMD/UFRN).

Confira a seguir a mensagem dos organizadores:

“Nosso objetivo com esta obra é ampliar e democratizar o debate sobre o uso e aplicações práticas de dados abertos governamentais, através de um formato de governança multistakeholder, contando com a participação da academia, do Governo, da sociedade civil, da comunidade técnica e do setor privado.

O livro contém doze trabalhos desenvolvidos por pesquisadores brasileiros. Os temas são atuais, abordam o tratamento de dados em diferentes perspectivas (da Governança Pública, da Ciência Aberta, do Direito do Consumidor e do Direito da Proteção de Dados), e têm em comum a preocupação em atingir os objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, pelo uso da tecnologia da informação e comunicação, em especial a construção de uma sociedade livre, justa e solidária, e a garantia do desenvolvimento nacional.”

O eBook pode ser baixado gratuitamente neste link.

A versão impressa do livro está disponível também no Clube de Autores.

Autor

Pŕoximo Artigo

OKBR e Embaixadoras lançam carta-compromisso por municípios mais transparentes e colaborativos

A Rede de pessoas Embaixadoras de Inovação Cívica da Open Knowledge Brasil (OKBR) elaborou uma carta-compromisso para que as pessoas candidatas às eleições de 2020 se engajem e promovam uma gestão que priorize a transparência e a abertura de dados públicos. A redação da carta foi liderada pela engenheira de software e embaixadora Ana Paula Gomes e pela coordenadora de Advocacy e Pesquisa da OKBR, Danielle Bello.

Texto Completo →