Urban

Como promover a abertura dos dados sobre a Covid-19?

Civic tech Transparência Dados abertos

A quinta live do Projeto Embaixadoras está no ar!

Na última terça-feira, 12/05, reunimos uma equipe de peso para falar do tema mais importante da atualidade. Com o título Covid-19: a luta pela abertura de dados da pandemia no Brasil, a live abordou os desafios técnicos e administrativos enfrentados por quem busca acessar informações sobre os órgãos de saúde a respeito da progressão do coronavírus no Brasil.

O encontro foi conduzido por Mário Sérgio e Fernanda Campagnucci e teve como foco as iniciativas do projeto Brasil.IO e da Open Knowledge Brasil para promover a abertura de dados da Covid-19 no país, convidando pessoas diretamente envolvidas de cada equipe para trocar experiências, explicar as metodologias utilizadas e os impactos já alcançados.

Confira o perfil dos participantes:

  • Alvaro Justen (Turicas) - Criador do Brasil.IO e membro da Escola de dados. Professor, maker e programador.
  • Marília Gehrke - Jornalista e doutoranda em Comunicação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde pesquisa jornalismo guiado por dados, transparência e desinformação. Voluntária no projeto do Brasil.IO sobre Covid-19, embaixadora na Open Knowledge Brasil e membro da Escola de Dados.
  • Camille Moura - Coordenadora de Advocacy e Pesquisa da Open Knowledge Brasil. Gestora pública formada pela UFABC e mestranda em Ciência da Informação na USP, onde estuda transparência e proteção de dados pessoais no setor público.
  • Flavia Menani - Voluntária no projeto do Brasil.IO sobre Covid-19. Pós-graduanda no MBA em Tecnologia para Negócios: AI, Data Science e Big Data da PUC-RS. Cientista de dados, UX designer e jornalista.

Saiba mais sobre as iniciativas Brasil.IO/covid19 e Transparenciacovid19.ok.org.br.

Clique na imagem para assistir ao vídeo da live:

Live Covid-19: a luta pela abertura de dados da pandemia no Brasil

Autor

Pŕoximo Artigo

Saiba como foi o Open Data Day em várias cidades pelo Brasil

Como sua cidade celebrou o Dia dos Dados Abertos?

Texto Completo →